Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Aras em campanha entre filhos de Bolsonaro

Equipe BR Político

Em campanha para o cargo de procurador-geral da República, o subprocurador-geral da República, Augusto Aras, já se reuniu com os parlamentares Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) e Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) para apresentar suas posições. Fontes ouvidas pelo Valor o descrevem como “um subprocurador isolado (não concorre pela lista tríplice da ANPR) e com pouco trânsito na instituição, que embarcou em algumas declarações do presidente da República”.

Aras critica a lista tríplice por gerar “disfuncionalidades” e afirma que há uma distorção, por parte de alguns procuradores, da chamada independência funcional — que pressupõe liberdade para que os profissionais ofereçam denúncias ou produzam pareceres baseados somente em sua consciência jurídica. “Essas pessoas passaram a jogar para a plateia porque quem atua nesse âmbito majoritário tem que agradar quem vota, e para agradar quem vota é preciso dar pão e circo”, diz Aras, que é primo de outro concorrente ao cargo da PGR, Vladimir Aras, candidato pela lista tríplice.

Tudo o que sabemos sobre:

lista tríplicePGR