Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Arnaldo Antunes e Titãs repudiam uso de sua música por Olavo

Vera Magalhães

O cantor e compositor Arnaldo Antunes fez um post no Twitter para repudiar o uso de uma música sua em parceria com integrantes dos Titãs, O Pulso, pelo ideólogo Olavo de Carvalho em postagem para convocar simpatizantes a participarem de um ato pró-governo Bolsonaro e contra o Congresso no dia 15 de março.

Ele se disse indignado com o post feito por Olavo no Instagram para convocar a participação em um ato que classificou como “de ataque às instituições”. “Eu queria dizer que este uso é indevido, não autorizado e vai contra tudo aquilo que eu prezo, defendo e acredito. Eu creio que as instituições como Congresso Nacional e Supremo Tribunal Federal preservam o que nos resta ainda de democracia, e elas têm de ser defendidas”, diz ele no vídeo.

Antunes afirmou que ele e os parceiros de composição já estão acionando judicialmente os responsáveis pelo uso indevido da música e pedindo a retirada das postagens.

Depois, o músico e escritor Tony Bellotto, outro dos autores da música (o terceiro era Marcelo Frommer, já falecido), postou outro vídeo, desta vez no perfil dos Titãs, também repudiando o uso da música como “propaganda deste governo”. “Evidentemente sem o nosso conhecimento e a nossa autorização”. Ele diz que a manifestação vai contra tudo aquilo em que ele e o grupo acreditam.