Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Arthur Weintraub anuncia saída do governo e terá cargo na OEA

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O assessor especial da Presidência Arthur Weintraub anunciou nesta terça-feira, 15, que deixará o governo para assumir um cargo na Organização dos Estados Americanos em Washington (EUA) em um vídeo publicado ao lado do presidente Jair Bolsonaro. Irmão do ex-ministro da Educação, Abraham Weintraub, que saiu do governo há três meses e foi indicado por Bolsonaro para o cargo de diretor no Banco Mundial também na capital americana, Arthur esteve próximo do presidente desde antes de sua eleição. Assim como o irmão, é seguidor de Olavo de Carvalho e fazia parte da ala ideológica, que tem perdido espaço no governo.

“Estou triste, porque vou deixar o cargo de assessor do presidente Bolsonaro. Quero dizer para ele que foi uma honra. De coração, foi uma honra ter trabalhado com o senhor nessa oportunidade que o senhor me deu. Estou indo para OEA na área de direito, um cargo de direito”, disse Arthur no vídeo.

Bolsonaro afirmou ao assessor que “as portas estarão abertas” para quando quiser retornar. “Dois anos antes das eleições o Arthur e seu irmão acreditaram na gente, fizemos uma viagem ao Japão, Coréia do Sul e Taiwan, conversamos muito num momento em que quase ninguém acreditava na gente e tivemos o sucesso da eleição. Agora chegar é uma coisa, fazer um bom governo é outra. Outras boas pessoas cerraram ao nosso lado de modo que acredito que estão fazendo um bom governo em especial no tocante à nossa economia”, disse o presidente no vídeo.

Tudo o que sabemos sobre:

Arthur WeintraubgovernoOEAJair Bolsonaro