por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

As discussões que realmente importam

Marcelo de Moraes

Enquanto o presidente Jair Bolsonaro vai acumulando polêmicas, como a indicação do filho Eduardo para a embaixada do Brasil nos Estados Unidos ou as falas desastradas sobre fome no País e sobre Nordeste, o governo tem uma pauta puxada para lidar nas próximas semanas.

Daqui a apenas 17 dias, no dia 6, está prevista a votação em segundo turno da reforma da Previdência. Além disso, a MP da Liberdade Econômica precisa ser votada até a segunda semana de agosto para não caducar e perder a validade. E não se pode esquecer do início da discussão da reforma tributária, que tem três propostas diferentes e pouco consenso e é vista como importante para a retomada do crescimento econômico. Como ainda devem ser anunciadas, na próxima semana, as mudanças para o saque de contas ativas do FGTS, o que não falta é assunto importante para o governo fazer foco. /M.M.

 

 

Tudo o que sabemos sobre:

reforma da previdênciaagenda econômica