Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

As prioridades na agenda do presidente

Equipe BR Político

Ao longo de 2019, o presidente Jair Bolsonaro priorizou agendas em eventos militares e religiosos. Em seu primeiro ano de mandato, quando não esteve reunido com políticos, o chefe da República dedicou cerca de 30% da sua agenda pública a atividades desses segmentos. Levantamento feito pelo Estadão analisou 516 itens listados na agenda pública de Bolsonaro desde sua posse. Não foram contabilizados encontros com políticos e membros do governo.

O presidente participou de 106 eventos ligados a militares no decorrer do ano. Eventos religiosos e encontros com líderes de igrejas somam 46 itens. Além dos encontros com lideranças, Bolsonaro participou de eventos e celebrações, como a Convenção Nacional das Assembleias de Deus no Brasil e a 27.ª edição da Marcha para Jesus, tornando-se o primeiro presidente a comparecer ao evento, em São Paulo.

No total, foram 22 encontros a entidades da sociedade civil organizada, como associações de classe, ONGs e sindicatos. Reuniões com empresários e representantes do agronegócio ocuparam 124 itens da agenda presidencial desde janeiro.