Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Assembleia reitera pedido de intervenção federal no Amazonas

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Treze dos 24 deputados estaduais Assembleia Legislativa do Amazonas reforçaram ontem pedido para que o Ministério da Defesa intervenha no Estado em razão da pandemia do novo coronavírus. Os parlamentares citam a necessidade de “fiscalização do uso dos recursos do Fundo Estadual de Saúde no aluguel do Hospital Nilton Lins, que foi inaugurado sem estrutura, leitos, insumos e recursos humanos” e pedem fiscalização e auditoria das ações tomadas pelo governador Wilson Lima (PSC) de combate ao novo coronavírus. O Estado do Amazonas registra 304 mortes pela doença e 3.388 casos confirmados. Na capital, Manaus, já há déficit funerário.

Assembleia Legislativa do Amazonas

Assembleia Legislativa do Amazonas Foto: Nei Xavier/Aleam

“O que nos deixa com o sentimento de dever cumprido é que os motivos citados na manifestação dessas instituições (Ministério Público Federal (MPF), Ministério Público do Trabalho (MPT) e o Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE)) são exatamente os mesmos apresentados no nosso pedido de intervenção federal aprovado pela Assembleia Legislativa do Amazonas e entregue ao presidente Jair Bolsonaro”, diz a carta.

O governo estadual afirmou ao BRP que “não há tratativas sobre esse assunto entre o Governo Federal e o Governo do Estado. O Governo do Amazonas tem mantido diálogo com os órgãos federais no sentido de alinhar a ampliação do apoio ao Amazonas no enfrentamento à pandemia de Covid-19, sobretudo com o crescimento acelerado de casos frente à estrutura limitada da rede estadual”.