Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Ex-assessor olavista da Casa Civil pode assumir cargo na Secom

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O assessor do gabinete do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) e ex-assessor da Casa Civil Felipe Cruz Pedri é cotado para retornar ao governo e assumir função na Secretaria Especial de Comunicação (Secom), comandada por Fabio Wajngarten, informa o Estadão. O chefe da secretaria é articulador da volta de Pedri ao Palácio do Planalto. O assessor, que segue à risca a cartilha de Olavo de Carvalho, já tem se apresentado como representante do Ministério das Comunicações, conforme apontam registros de agendas oficiais.

Ex-assessor da Casa Civil Felipe Cruz Pedri Foto: Reprodução/Twitter

O retorno de Pedri vai na contramão das últimas movimentações do presidente Jair Bolsonaro, que tem colocado olavistas na geladeira em aceno ao depois dos seguidos choques com o Supremo Tribunal Federal (STF), e é visto como uma tentativa da ala ideológica sobreviver e voltar a influenciar decisões no governo. O espectro do assessor já causa desconforto a integrantes de vários ministérios em momento em que a orientação do gabinete presidencial é se afastar dos radicalismos. Nesta sexta, Bolsonaro já fez um aceno à ala com a indicação de olavistas para o Conselho Nacional da Educação.

Tudo o que sabemos sobre:

Flávio BolsonaroolavistasolavismoSecom