Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Assessor do presidente ataca prefeito de NY

Equipe BR Político

A declaração do prefeito de Nova York, Bill de Blasio, parece ter irritado os bolsonaristas. Após Eduardo Bolsonaro sair em defesa de seu pai, agora foi a vez do assessor especial da Presidência, Filipe Martins, criticar o político norte-americano que classificou Bolsonaro como “perigoso”. “Não há surpresa alguma em ver Bill de Blasio — um sujeito que colaborou com a revolução sandinista, que considera a União Soviética um exemplo a ser seguido e que faz comícios no monumento dedicado a Gramsci no Bronx — criticando o presidente Bolsonaro”, afirmou. Completou a crítica de forma pouco diplomática:”Surpresa seria uma toupeira dessas o elogiar”.