Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Até 99% dos salários para Flávio

Equipe BR Político

Um novo capítulo no caso Coaf, que segue sem explicações. Uma análise na movimentação financeira de Fabrício Queiroz, ex-assessor do deputado estadual e senador eleito, Flávio Bolsonaro, indica que Nathalia Melo de Queiroz, filha do ex-servidor, pode ter depositado em sua conta quase tudo o que recebeu na Casa no período sob investigação. O repasse a ele foi de R$ 97.641,20, hipotético crédito mensal médio de R$ 7.510,86.

A quantia equivale a 99% do pagamento líquido da Alerj a Nathalia em janeiro de 2016, segundo a folha salarial do Legislativo fluminense. Os cálculos são por aproximação. Para fazê-los, o Estadão usou o relatório do Coaf da Operação Furna da Onça e consultou a folha salarial da Casa. A reportagem do Estadão não conseguiu falar com Queiroz nem com os demais servidores para que comentassem as cifras.