Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Até R$ 90 mi de fundo eleitoral do Republicanos na mão dos diretórios estaduais

Alexandra Martins

Exclusivo para assinantes

Partido do senador Flávio Bolsonaro (RJ), o Republicanos vai distribuir quase a totalidade dos R$ 100,6 milhões do fundo eleitoral a que tem direito para as eleições municipais deste ano a seus diretórios estaduais, sem definir cotas para cada um deles, como requerem as normas de transparência. No documento entregue ao Tribunal Superior Eleitoral com os critérios de distribuição dos recursos, o Republicanos afirma apenas que “até 90% do valor total será destinado aos Estados e serão distribuídos, segundo critério de desempenho obtido nas últimas eleições gerais de 2018, sendo que, destes valores deverão ser aplicados o porcentual proporcional as candidaturas femininas nos Estados”.

O deputado Marcos Pereira, presidente do Republicanos.Foto: Michel Jesus/Câmara dos Deputados

O restante, ou “até 20%”, conforme definido no documento, “será reservado na direção nacional para aplicação prioritária nas campanhas majoritárias, campanhas estratégicas, eventuais segundos turnos ou a título discricionário da Executiva Nacional”. Até a noite de segunda, 10, doze partidos haviam enviado as regras de alocação do fundo público eleitoral à corte.

Os recursos do fundo só serão liberados às legendas, de acordo com a Resolução TSE nº 23.605/2019, após a definição dos critérios para a sua distribuição, que devem ser aprovados pela maioria absoluta dos membros do órgão de direção executiva nacional do partido.

 

Tudo o que sabemos sobre:

RepublicanosFundo Eleitoral