por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Ato do dia 26 é ‘surreal’, diz Marcelo Ramos

Vera Magalhães

O presidente da Comissão Especial da reforma da Previdência na Câmara, Marcelo Ramos (PR-AM), disse nesta segunda-feira, 20, que o ato marcado para o próximo domingo (26) é “surreal”, por investir contra o Congresso e contra o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

Para ele, Maia é uma das pessoas que mais trabalham pela reforma. O deputado afirmou que a Câmara terá a responsabilidade que muitas vezes Jair Bolsonaro não demonstra e aprovará a reforma. Ele afirmou que deputados do PSL, partido de Bolsonaro, atacam a tramitação da medida sem nem saber o que se passa na comissão. “Os partidos de centro não são responsáveis pela falta de articulação do governo”, afirmou.