Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Áudio falso ‘inventa’ regras eleitorais

Equipe BR Político

O Estadão Verifica alerta sobre a circulação de um áudio no WhatsApp com diversas informações falsas sobre supostas regras eleitorais. A mensagem contém vários erros e usa como gancho as eleições suplementares no Tocantins.

A primeira informação falsa é de que um prefeito e o vice teriam sido afastados, quando na verdade foram o governador do Estado e sua vice. Outro erro é na porcentagem de abstenções: foram 30%, não 43,5%. E, diferentemente do que afirma a mensagem, 50% de votos nulos não anulam as eleições e os candidatos não ficam impugnados por quatro anos. Erros atrás de erros.

Tudo o que sabemos sobre:

fake newsEleição no Tocantins