Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Auditores da Receita são alvos da PF no Rio

Equipe BR Político

A força-tarefa da Lava Jato no Rio de Janeiro chegou à Receita Federal. Na manhã desta quarta-feira, 2, a PF deflagrou a Operação Armadeira contra organização criminosa com atuação no órgão. Ao todo, são cumpridos 39 mandados de busca e apreensão, cinco de prisão temporária e nove de prisão preventiva, segundo o Globo.

Agentes da Polícia Federal e da Receita durante Operação Armadeira da Lava Jato no Rio de Janeiro nesta quarta-feira, 2

Agentes da Polícia Federal e da Receita durante Operação Armadeira da Lava Jato no Rio de Janeiro nesta quarta-feira, 2. Foto: José Lucena/Futurapress

O principal alvo é o auditor Marco Aurelio Canal, supervisor de programação da Receita na Lava-Jato do Rio, que já foi preso. Os mandados foram expedidos pela 7ª Vara Federal Criminal do Rio, do juiz Marcelo Bretas.

De acordo com a PF, a investigação começou após um colaborador da Lava Jato ser chamado a pagar propina para não ser autuado em ações fiscais. A apuração dos policiais constatou a existência de uso estruturado de informações privilegiadas para benefício de terceiros e dissimulação de patrimônio.