Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Aras conquistou líderes com ‘moderação’ na Lava Jato

Gustavo Zucchi

Indicado como próximo procurador-geral da República, Augusto Aras ganhou pontos com líderes do Senado ao pregar “moderação” para a Operação Lava Jato. Em reunião com os senadores na última terça-feira, ele defendeu o combate à corrupção e a continuidade da operação, mas disse que é contra a “espetacularização” do trabalho do Ministério Público.

O subprocurador-geral Augusto Aras, indicado para comando da PGR por Jair Bolsonaro

O subprocurador-geral Augusto Aras, indicado para comando da PGR por Jair Bolsonaro. Foto: Dida Sampaio/Estadão

Para a imprensa, Aras vai manter silêncio até passar pela sabatina na Comissão de Constituição e Justiça. A leitura da mensagem do presidente Jair Bolsonaro indicando Aras deve ser lida pelo presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), neste quarta-feira, 11. Já a sabatina, segundo perspectiva do líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho, deve ocorrer em 15 dias.