Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Azeredo, ex-governador de MG, deixa a prisão

Equipe BR Político

Na esteira da decisão do STF, que não permite mais a prisão após condenação em segunda instância, o ex-governador de Minas Gerais, Eduardo Azeredo (PSDB),  deixou o corpo de bombeiros de Belo Horizonte, onde estava preso desde maio de 2018, às 18h50 desta sexta-feira, 8. Quem concedeu o alvará de soltura foi o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG).

O ex-governador foi condenado a 20 anos de prisão por participar do “mensalão tucano”. De acordo com o Broadcast Político, o esquema de desvios de empresas públicas chegou a atingir o então Banco do Estado de Minas Gerais (Bemge) para o financiamento da campanha de Azeredo à reeleição em 1998, disputa em que o tucano foi vencido pelo ex-presidente Itamar Franco.

Tudo o que sabemos sobre:

Eduardo AzeredoSTF2ª instâncialiberdade