Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Bachelet preocupada com a Bolívia

Equipe BR Político

A alta comissária de Direitos Humanos da ONU, Michelle Bachelet, avaliou no sábado, 16, como “desnecessário e desproporcional” o uso da “força pela polícia e pelo Exército” da Bolívia contra manifestantes, segundo o Estadão.

Bachelet afirmou que 14 pessoas morreram nos seis dias seguintes à renúncia do ex-presidente Evo Morales. “Condeno essas mortes. Trata-se de um desenvolvimento extremamente perigoso, pois longe de apaziguar a violência, é possível que a agrave”, disse.

Segundo ela, isso pode levar a situação na Bolívia a “sair do controle”. “Realmente me preocupa que a situação na Bolívia possa sair do controle se as autoridades não administrarem cuidadosamente, de acordo com as normas e padrões internacionais para o uso da força, e com um respeito pleno aos direitos humanos”, disse a alta comissária, no sábado, 17.

Tudo o que sabemos sobre:

BolíviaMichelle Bacheletpolícia