Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

Baleia fala em ‘voltar a debater o auxílio emergencial’

Gustavo Zucchi

Exclusivo para assinantes

No lançamento de sua candidatura à presidência da Câmara, Baleia Rossi (MDB-SP) fez um aceno para a oposição, que lhe dá viabilidade para enfrentar Arthur Lira (PP-AL). Ele avisou que quer “voltar a debater” o auxílio emergencial, que terminou no final de 2020. “Ano passado parecia que íamos virar o ano e a pandemia ia acabar. Essa não é a realidade. Hoje temos milhões de brasileiros que vão deixar de receber o auxílio e voltar a ter dificuldade do mais básico, que é ter alimento na sua mesa”, disse.

Segundo Rossi, são duas possibilidades, caso seja eleito presidente da Câmara. A primeira é ampliar o Bolsa Família. A segunda é trazer novamente o auxílio. “Por isso é tão importante voltarmos a olhar nossa pauta com responsabilidade fiscal, votando reformas importantes e, porque não, voltar a debater o auxílio emergencial.”

O principal coordenador do bloco, Rodrigo Maia (DEM-RJ), rechaçou em outras ocasiões a ideia de prorrogar o auxílio emergencial. O atual presidente da Câmara deixou claro que seria tarefa do governo prorrogar o Estado de Calamidade e consequentemente, ter receita para a manutenção do benefício.