Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Bancada evangélica confiante na derrubada do veto presidencial

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Os membros da bancada evangélica da Câmara dos Deputados estão otimistas quanto a possibilidade de derrubar o veto presidencial ao perdão da dívida das igrejas. Ao Estadão, o presidente da Frente Parlamentar Evangélica, deputado Silas Câmara (Republicanos-AM) disse que irá reunir a frente para discussão nesta terça-feira, 16, mas que o sentimento geral é pela derrubada do veto.

O projeto previa a isenção e o perdão de dívidas referentes à Contribuição Sobre Lucro Líquido (CSLL). Bolsonaro justificou o veto dizendo que poderia incorrer em crime de responsabilidade caso sancionasse o texto. Mas disse que, se fosse deputado, votaria pela derrubada do próprio veto. “Para mim, era desnecessário vetar. Todas as autoridades da área jurídica e tributária do País, que não são empregados do governo, disseram que a matéria era constitucional e justa”, disse Câmara.

Tudo o que sabemos sobre:

Silas Câmaraveto presidencialigrejasCSLL