Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Bancos doaram ao PT em troca de favores, diz Palocci

Equipe BR Político

Em acordo de delação premiada, o ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci afirmou à Polícia Federal que bancos fizeram repasses ao PT em troca de favores nos governos do ex-presidente Lula e Dilma Rousseff, segundo o Globo. As doações eleitorais às campanhas somaram R$ 50 milhões, e, segundo Palocci, foram feitas pelos bancos Bradesco, Itaú, Safra, BTG e Banco do Brasil.

O ex-ministro também citou envolvimento do BNDES, na época presidido por Luciano Coutinho, e do ex-ministro Guido Mantega. Os bancos negaram irregularidades e afirmaram que doações foram declaradas à Justiça Eleitoral, enquanto os demais alegam que as declarações são mentirosas.