Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Barros: economia de R$ 1 tri não é mais viável

Equipe BR Político

O economista José Roberto Mendonça de Barros vaticina: diante das atrapalhadas do governo com a reforma da Previdência, já não é mais possível aprovar um texto capaz de resultar numa economia de R$ 1 trilhão, como prega o ministro Paulo Guedes. Em evento das revistas Veja e Exame, o fundador da MB Associados listou três posicionamentos do presidente Jair Bolsonaro que estimulam a previsão: “dizer que preferia não ter que fazer a reforma, entregar as mudanças no Benefício de Prestação Continuada (BPC) e na aposentadoria rural antes de qualquer negociação e admitir uma reformulação da carreira militar concomitante à reforma, o que enfraquece o discurso de que todos farão sacrifícios”, informa o Valor.