Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Barroso e Gilmar criticam ato golpista com participação de Bolsonaro

Gustavo Zucchi

Exclusivo para assinantes

Dois ministros do Supremo Tribunal Federal manifestaram críticas contra o presidente Jair Bolsonaro e sua participação em atos pedindo intervenção militar. O primeiro foi Luís Roberto Barroso, que classificou as manifestações como “assustadoras”. “É assustador ver manifestações pela volta do regime militar, após 30 anos de democracia. Defender a Constituição e as instituições democráticas faz parte do meu papel e do meu dever”, disse.”Só pode desejar intervenção militar quem perdeu a fé no futuro e sonha com um passado que nunca houve. Pessoas de bem e que amam o Brasil não desejam isso”, afirmou.

Gilmar Mendes também foi às redes sociais criticar os protestos. “A crise do coronavirus só vai ser superada com responsabilidade política, união de todos e solidariedade. Invocar o AI-5 e a volta da Ditadura é rasgar o compromisso com a Constituição e com a ordem democrática”, disse.