por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Bebianno: ‘Devolverei em triplo as ameaças’

Prestes a ser exonerado do cargo após ser chamado de mentiroso pelo presidente da República, o ministro Gustavo Bebianno afirmou ao UOL que sofre ameaças, sem detalhar de quem e de qual natureza. Segundo o Broadcast Político, o titular da Secretaria-Geral da Presidência já identificou algumas pessoas e disse que vai tomar previdências.

“Sou paciente, chato e obstinado. Tenho muitos amigos também. Dará um certo trabalho, mas devolverei em triplo as ameaças e ofensas (dentro da lei). Não tenho medo de briga. Não me intimidam”, escreveu a Gustavo Maia, do portal. O Diário Oficial da União não trouxe publicado o ato com a exoneração do ministro, mas uma edição extra pode ser publicada pelo presidente a qualquer hora.

Tudo o que sabemos sobre:

Gustavo BebiannoameaçaJair Bolsonaro