Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

‘Bíblia não deve aliviar pena’

Equipe BR Político

A pré-candidata Manuela D’Ávila pode até ser a favor da redução da pena de presidiários, mas não com a leitura da Bíblia. Ela não gostou de um projeto de lei aprovado na Alesp que diminui a pena de presos que lerem o livro sagrado do cristianismo. “É inadmissível que políticos vinculados a quaisquer religiões tentem forçar presos a se aproximarem delas com a promessa que assim os detentos cumpririam mais breve as suas penas”, disse.

O PL  é de autoria dos deputados Gilmaci Santos , Milton Vieira , Sebastião Santos e Wellington Moura. Já há uma recomendação do CNJ de remissão da pena por meio de leitura. O que muda em SP é que cada um dos 66 livros da Bíblia deixam de ser considerados uma leitura só.

Tudo o que sabemos sobre:

manuela davila