Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

Biden diz que invasão é ‘lembrete doloroso de que a democracia é frágil’

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Após a invasão no Capitólio, o presidente eleito dos EUA, Joe Biden, afirmou que a violência protagonizada por apoiadores de Donald Trump duranta a sessão de ratificação de sua vitória eleitoral em novembro “é um lembrete, doloroso, de que a democracia é frágil”.

Joe Biden, presidente-eleito dos Estados Unidos Foto: Susan Walsh/ AP

Na madrugada desta quinta-feira, 7, a vitória da chapa composta por Biden e sua vice, Kamala Harris, foi confirmada pelo Congresso americano, em sessão comandada pelo vice-presidente e presidente do Senado, Mike Pence.

“Hoje é um lembrete, doloroso, de que a democracia é frágil. Para preservá-la são necessárias pessoas de boa vontade, líderes com coragem para se levantar, que se dediquem não a perseguir o poder e os interesses pessoais a qualquer custo, mas ao bem comum”, escreveu Biden no Twitter.

Em comunicado publicado no Twitter pelo porta-voz da Casa Branca, Dan Scavino, Trump prometeu que “haverá uma transição ordenada em 20 de janeiro”, data da posse do novo presidente dos EUA.

Tudo o que sabemos sobre:

Joe Bidendemocraciainvasão