Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Blairo, de novo, na China

Marcelo de Moraes

Com as exportações de produtos agropecuários para os chineses devendo ultrapassar R$ 30 bilhões este ano, o governo brasileiro volta suas atenções para aquele mercado, mesmo em período de fim de governo. O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, confirmou que voltará à China até o fim do mês para tentar melhorar essa parceria comercial.

“Hoje, 50% das exportações brasileiras para os chineses são do agro: 80% do frango, 53% da soja e 28% da carne bovina. Temos desafios no comércio com eles: a salvaguarda no açúcar, o antidumping no frango, a qualidade das nossas exportações (são concentradas em poucos produtos de baixo nível de processamento). Visitaremos mais uma vez a China este mês. Mais uma tentativa de aproximação, para tratarmos várias pautas, inclusive, do acréscimo de mais um adido agrícola em Pequim até o final do ano”, diz o ministro. /M.M.

Tudo o que sabemos sobre:

AgronegócioBlairo MaggiChina