Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Block a projetos de Moro chega a 80% na Câmara

Equipe BR Político

A alta popularidade do ministro Sérgio Moro entre a população não encontra respaldo na Câmara dos Deputados. Levantamento feito pelo Estadão informa que a rejeição a alguns dos seus projetos em votações nominais chegou a 80%. Os parlamentares deram block no ex-magistrado em votações sobre a manutenção do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) sob o guarda-chuva da sua pasta; no pedido de tramitação em regime de urgência para o projeto sobre abuso de autoridade; um destaque sobre os efeitos da condenação por abuso de autoridade; e um destaque sobre o juiz de garantias. O ex-ministro da Justiça José Eduardo Cardozo tem uma tese. Ele conseguiu, entre 2011 e 2016, aprovar ao menos dois projetos voltados à área de segurança pública no primeiro ano no cargo. Um deles alterou o Código de Processo Penal – tratando de prisões, medidas cautelares e liberdade – e o outro tratou de remição de parte da pena por estudo e trabalho. “Uma estratégia que utilizamos sempre que possível era valorizar o Congresso, porque isso facilita o diálogo”, disse Cardozo à reportagem. “Não foi essa a estratégia que o Ministério da Justiça utilizou agora.”

Tudo o que sabemos sobre:

sergio moroCâmara dos Deputados