Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Blogueiro bolsonarista teria pedido ‘intervenção militar’ a assessor de Bolsonaro

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O blogueiro bolsonarista Allan dos Santos, investigado no inquérito das fake news conduzido pelo STF, teria pedido para um assessor de Jair Bolsonaro “intervenção militar”. Como mostra o Blog do Fausto neste sábado, 18, a Polícia Federal inqueriu o tenente-coronel Mauro Cesar Barbosa Cid, que trabalha diretamente com o presidente da República no cargo de chefe da Ajudância de Ordem, sobre trocas de mensagens com esse teor com Santos.

De acordo com a reportagem, o blogueiro teria enviado via WhatsApp o recado de que as Forças Armadas precisariam “entrar urgentemente” um dia depois que grupos antifascistas protestaram contra o governo Bolsonaro.  Em depoimento, Mauro Cid disse que não “se recordava” de ter tratado deste assunto com Allan dos Santos e que as conversas com ele “não eram frequentes”.

A PF também questionou o assessor presidencial por outras mensagens com teor semelhante. Por exemplo, os investigadores perguntaram sobre a conversa dos dias 20 e 26 de abril e do dia 6 de maio, nas quais o blogueiro teria também sugerido que a solução para conflitos entre Poderes não viriam por “vias democráticas”. A reportagem do jornal procurou Allan dos Santos, que não respondeu às indagações.