Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Bloomberg desiste de eleição nos EUA

Equipe BR Político

O bilionário Michael Bloomberg desistiu de sua pré-candidatura pelo Partido Democrata nos Estados Unidos nesta quarta-feira, 4. O democrata que já foi elogiado por políticos brasileiros como o governador João Doria havia investido cerca de US$ 500 milhões de sua fortuna pessoal na campanha para ser escolhido pelo partido para disputar a eleição à presidência dos Estados Unidos com Donald Trump. 

Michael Bloomberg desiste de eleição

Michael Bloomberg em evento na Flórida Foto: Marco Bello/Reuters

Bloomberg não conseguiu o apoio majoritário da ala moderada dos democratas. O ex-prefeito de Nova York apostou todas as suas fichas na “Superterça”, dia em que ocorrem as primárias do partido em 14 Estados americanos e na Samoa Americana e em que mais de um terço de todos os delegados está em disputa. Depois das votações na terça-feira, 3, no entanto, venceu apenas na Samoa Americana, um território na Oceania não incorporado dos Estados Unidos.

Ao desistir da sua candidatura, Bloomberg apoiou o ex-vice de Obama Joe Biden, que disputava com ele a preferência do partido. O empresário afirmou que Biden, considerado o maior vencedor desta etapa das primárias do partido, tem maiores chances de vencer Trump em outubro.

O ex-prefeito de Nova York, que já foi filiado ao Partido Republicano, é elogiado pela gestão da cidade. Doria já expôs sua admiração pelo americano e até se comparou a Bloomberg, afirmando que os dois têm um “estilo parecido”.