Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

BNDES vai definir modelo das privatizações

Equipe BR Político

Depois de aprovadas no conselho do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), agora, as 17 empresas que serão privatizadas pelo governo federal vão passar por um processo de modelagem feito pelo BNDES em parceria com o Ministério da Economia. É nesse momento de estruturação, portanto, que será feita a definição de se a venda será parcial ou integral, se as empresas podem ser separadas em diferentes áreas e vendidas em fatias. De acordo com o Valor, o governo federal está ciente de que não deve ter lucro ou mesmo encontrar interessados em todas as empresas.

Em entrevista ao Estadão, o secretário especial de Desestatização, Desinvestimento e Mercados do Ministério da Economia, Salim Mattar, disse que o governo está pondo em curso o “maior programa de privatização do mundo”. Segundo ele, o processo está sendo feito de “forma cuidadosa, cautelosa, gradual e sem destruir valor”. Na avaliação de Salim, os Correios são a joia da coroa do primeiro lote à venda. “A expectativa é que o Correios deva ser a empresa obteremos maior resultado financeiro”, afirmou.

Assine o BR Político para ter acesso a produtos e informações exclusivos. Clique neste link para se tornar um assinante.

Tudo o que sabemos sobre:

privatizaçõesSalim Mattar