Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Bolsa passa de 91 mil pontos e dólar cai para R$ 5,20

Marcelo de Moraes

Exclusivo para assinantes

Mesmo com todas as turbulências políticas e com a crise provocada pelo impacto do coronavírus, o mercado teve um dia muito bom e vai consolidando uma trajetória de recuperação. A Bolsa brasileira bateu hoje a marca dos 91 mil pontos, subindo 2,74%. Com isso, chegou ao seu maior nível desde 10 de março quando o efeito do coronavírus começou a afetar a economia.

A cotação do dólar também foi na mesma cadência e caiu significativamente por mais um dia. Fechou em R$ 5,2086, numa queda de 3,34%. Para se ter uma ideia do que isso representa, foi, percentualmente, a maior redução desde 8 de junho de 2018. E a cotação desde 14 de abril.

Há vários fatores pesando, seja o externo, com a retomada da economia em vários países importantes, e o interno com uma aparente redução nos choques dos governistas contra o Judiciário e o Legislativo. Mas há muito mais coisas, incluindo apetite do mercado por algum risco. Mas é sempre bom lembrar que basta uma sacudida nesse cenário para que a situação volte a se fragilizar.

Tudo o que sabemos sobre:

mercado