Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Bolsonaro acaba com ‘Conselhão’

Equipe BR Político

O presidente Jair Bolsonaro revogou nesta quarta-feira, 8, 55 colegiados da administração pública federal, incluindo o Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES), conhecido como “Conselhão”. O grupo foi criado em 2003, durante o primeiro mandato do ex-presidente Lula, e era composto por mais de 90 representantes da sociedade civil, com grande número de empresários. O foco de atuação era o aconselhamento direto ao presidente da República, com recomendações para criação ou aperfeiçoamento de políticas públicas em diversas áreas.

O colegiado não teve muito destaque no governo de Dilma Rousseff, mas passou por uma tentativa de renovação na gestão de Michel Temer, que chegou a reunir o grupo por algumas vezes para ouvir empresários e discutir ideias. A decisão de acabar com o Conselhão consta do Decreto 9.784/2019, publicado no Diário Oficial da União (DOU), e dá continuidade ao processo de “extinção em massa” de colegiados criados antes da gestão Bolsonaro.

Tudo o que sabemos sobre:

Jair BolsonaroacabaConselhãoconselhosDOU