Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Bolsonaro: ‘Acho que Weintraub não foi prudente’

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O presidente Jair Bolsonaro fez nesta segunda-feira, 15, uma crítica pública contra seu ministro da Educação, Abraham Weintraub. Segundo Bolsonaro, em entrevista para a rádio BandNews, o atual titular do MEC “não foi prudente” ao decidir ir participar de manifestações de bolsonaristas no último fim de semana.

“Acho que ele não foi prudente. Ele não estava representando o governo. Estava representando a si próprio”, disse Bolsonaro. O ministro, um dos mais polêmicos da Esplanada, já é investigado pela suposta ameaça de prisão contra ministros do Supremo Tribunal Federal, devido a sua fala na reunião ministerial do dia 22 de abril. Após participar do protesto, recebeu uma multa de R$ 2 mil por não utilizar máscara de proteção.

“Mais um problema no meu colo. Estamos tentando resolver”, completou Bolsonaro na entrevista. A permanência de Weintraub no cargo estaria ameaçada. Segundo o Estadão, uma demissão do ministro estaria sendo cogitada como forma de apaziguar a relação entre Executivo e STF.

Tudo o que sabemos sobre:

Jair BolsonaroAbraham Weintraub