Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Bolsonaro apoia quebra de contrato entre Petrobrás e Santa Cruz

Equipe BR Político

Na manhã desta quarta-feira, 7, o presidente Jair Bolsonaro se manifestou sobre o cancelamento do contrato entre a Petrobrás e o escritório do presidente da OAB, Felipe Santa Cruz, afirmando que “não era para ter contrato entre a Petrobrás e a OAB”. Na terça-feira, 6, a estatal enviou uma carta ao escritório de advocacia de Santa Cruz cancelando o contrato que mantinham desde o ano passado. Segundo Bolsonaro, qualquer contrato entre as entidades “tem que ser revisado”.

O escritório de advocacia do presidente da OAB atua em causas trabalhistas e, segundo a Folha, venceu, em 2018, um processo que salvou a petroleira de pagar um valor estimado em R$ 5 bilhões a funcionários. “Era uma ação rescisória, algo como ressuscitar alguém que morreu. Eu salvei a empresa na causa trabalhista mais grave que ela já enfrentou”, afirmou o presidente da OAB. Santa Cruz disse ainda que vai entrar com um processo de reparação de danos contra a Petrobrás, por enxergar motivação política na rescisão do contrato.