Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Bolsonaro assina MP para contratar servidores aposentados no INSS

Equipe BR Político

O presidente Jair Bolsonaro assinou a medida provisória que permitirá a contratação de servidores aposentados para reduzir as filas do INSS. A MP publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira, 2, institui, além da contratação dos servidores aposentados, diversas novas situações em que o governo federal pode contratar profissionais sem concurso público por prazo determinado.

Fila do INSS já está em 1,883 milhão

Fila do INSS já está em 1,883 milhão Foto: Werther Santana/Estadão

A medida foi publicada quase 50 dias depois do anúncio de que o governo poderia contratar  militares da reserva das Forças Armadas para resolver o problema. Até a quinta-feira, 27, a fila pela concessão de benefícios do INSS era de 1,883 milhão, sendo que 1,250 milhão de pessoas estão na fila há mais de 45 dias, prazo usual do órgão para aprovar os benefícios. A meta do governo com as contratações em regimes especiais reduzir a espera média para entre 20 e 25 dias até outubro, afirmou o presidente do INSS, Leonardo Rolim, em coletiva nesta segunda. Segundo Rolim, as contratações temporárias são a principal medida que o governo tomará para diminuir as filas.

Com a nova MP, o governo poderá contratar servidores aposentados para trabalhar na mesma área onde estavam quando na ativa toda vez que houver aumento transitório no volume de trabalho, serviços acumulados, necessidade de redução de passivos processuais, instalação de novos órgãos públicos e revisão de sistemas de informática em qualquer órgão da administração pública.