Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

Bolsonaro ataca a imprensa e ironiza: ‘Brasil está uma maravilha’

Cassia Miranda

Exclusivo para assinantes

Nesta quarta-feira, 6, em mais uma paradinha para encher seus apoiadores de declarações bombásticas, o presidente Jair Bolsonaro ironizou a fala feita ontem, de que o País “está quebrado”, e disse que “o Brasil está uma maravilha”.

O presidente Jair Bolsonaro em conversa com apoiadores. Foto: Reprodução/Youtube

“Confusão ontem, viu? Porque eu falei que o Brasil estava quebrado. Não, o Brasil está bem, está uma maravilha”, disse na saída do Palácio da Alvorada.

Mais uma vez, Bolsonaro tentou responsabilizar a imprensa pelo conteúdo de sua declaração incendiosa do dia anterior. “A imprensa sem vergonha, essa imprensa sem vergonha faz uma onda terrível aí. Para a imprensa bom tava Lula, Dilma gastando R$ 3 bilhões por ano para eles”, afirmou.

O presidente ainda tentou culpar a imprensa por outra de suas declarações polêmicas. Ontem, ele disse: “(O Brasil) é um país difícil de trabalhar. Quando fala em desemprego, né, (são) vários motivos. Um é a formação do brasileiro. Uma parte considerável não está preparada para fazer quase nada. Nós importamos muito serviço”.

Hoje, a desculpa pela declaração foi a seguinte: “Ontem, eu disse que parte dos brasileiros não está preparada para o mercado de trabalho. Pronto, a imprensa fala que eu ofendi todos os empregados do Brasil. Agora, nós importamos serviços, porque não tem gente habilitada aqui dentro, porque há 30 anos (estão) destruindo a educação do Brasil”, ressaltou. O presidente ainda afirmou que “o maior problema do Brasil não é com alguns órgãos, é com a imprensa”.