Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Bolsonaro ataca jornalista pelo Twitter

Vera Magalhães

O presidente Jair Bolsonaro voltou a provocar celeuma no Twitter ao usar sua conta oficial neste domingo para atacar a repórter Constança Rezende, do Estadão, com base na publicação distorcida de uma conversa dela com um site francês. Bolsonaro usou veiculação feita pelo site Terça Livre, que, no título, atribuiu à repórter uma declaração que ela não faz no áudio disponibilizado pelo site francês –a de que teria a intenção de “arruinar” Flávio Bolsonaro com a série de reportagens sobre o relatório do Coaf a respeito das movimentações financeiras de Fabrício Queiroz.

A postagem de Bolsonaro incluiu ataques à imprensa em geral e ao pai da repórter, o também jornalista Chico Otávio, de O Globo, que cobre a ação das milícias no Rio de Janeiro. A atitude do presidente provocou comoção nas redes –apoiadores entoando o coro anti-imprensa e jornalistas, políticos, movimentos como o MBL, economistas e cientistas políticos indignados pelo fato de Bolsonaro propagar algo que já foi refutado pela tradução correta da conversa e por reportagens de praticamente todos os veículos.