Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

‘Bolsonaro atribui eleição a virtudes e despreza a sorte’

Equipe BR Político

Para a cientista política Marta Arretche, é preocupante que a possibilidade de impeachment do presidente Jair Bolsonaro já esteja circulando como tema nas rodas de conversas tão prematuramente. Em entrevista ao Valor, ela analisa os 100 primeiros dias de governo e recorre a Maquiavel para tentar explicar o que está se passando.

“Bolsonaro crê que sua eleição resultou de suas virtudes e subestima os elementos de sorte que garantiram sua vitória”, diz. Arretche vê como remota a possibilidade do presidente se transformar num líder virtuoso e capaz de articular os consensos necessários para governar. “A questão é até que ponto se pode improvisar uma liderança política”, problematiza.