Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Bolsonaro: ‘Ceder ao teto é abrir uma rachadura no casco do transatlântico’

Equipe BR Político

Depois de ter causado incerteza quanto ao tema, o presidente Jair Bolsonaro disse, na manhã desta quinta-feira, 5, que é preciso preservar a Emenda do Teto de Gastos. “Temos que preservar a Emenda do Teto. Devemos sim, reduzir despesas, combater fraudes e desperdícios. Ceder ao teto é abrir uma rachadura no casco do transatlântico. O Brasil vai dar certo. Parabéns a nossos ministros pelo apoio às medidas econômicas do Paulo Guedes”, escreveu o presidente no Twitter.

Ontem, o chefe do Executivo deu a entender que poderia apoiar a proposta que flexibiliza a regra do teto de gastos, defendida pela Casa Civil e pelo comando das Forças Armadas, sob argumento de que o corte de gastos poderá provocar um apagão nos ministérios e órgãos do governo, incluindo, nas palavras do próprio presidente, o corte de luz nos quartéis.

O presidente da República, Jair Bolsonaro

Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

Com o comentário que vai na linha da necessidade de proibição que as despesas cresçam em ritmo superior à inflação, o que pode ameaçar a estabilidade fiscal, Bolsonaro se alinha ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e o ministro da Economia, Paulo Guedes, que são contra a possível flexibilização, como você viu no BRP.