Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Bolsonaro chama Greenpeace de ‘lixo’ e ‘porcaria’

Equipe BR Político

Após ser criticado pelo Greenpeace sobre a reformulação do Conselho da Amazônia, o presidente Jair Bolsonaro chamou a organização internacional de proteção ambiental de “lixo”. Ao deixar o Palácio da Alvorada nesta quinta-feira, 13, o presidente reagiu contra a ONG no mesmo tom que já fizera em 2019, durante a crise ambiental na Amazônia.

O presidente, Jair Bolsonaro

O presidente, Jair Bolsonaro Foto: Gabriela Biló/Estadão

“Quem é Greenpeace? Quem é essa porcaria chamada Greenpeace? Isso é um lixo. Outra pergunta”, disse. Em nota, a ONG destacou que o conselho será formado exclusivamente pelo governo federal, sem participação dos governadores dos estados da Amazônia. Para o Greenpeace, o Conselho da Amazônia “não tem plano, meta ou orçamento”.

“Se você quiser que eu bote governadores, secretários de grandes cidades, vai ter 200 caras. Sabe o que vai resolver? Nada. Nada”, disse Bolsonaro. E seguiu: “Tem bastante ministro. Nós não vamos tomar decisões sobre estados da Amazônia sem conversar com governador, com a bancada do estado. Se botar muita gente é passagem aérea, hospedagem, uma despesa enorme, não resolve nada”, reagiu Bolsonaro.