Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Bolsonaro passa a usar sonda

Equipe BR Político

Três dias após ser operado, o presidente Jair Bolsonaro apresentou na madrugada desta quarta-feira, 11, um quadro de “lentificação intestinal e distensão abdominal”, o que levou seus médicos a decidirem pela suspensão da alimentação oral e pela introdução de uma sonda para nutrição endovenosa, segundo boletim médico divulgado na manhã de hoje. Nas redes sociais, o presidente divulgou imagem em que aparece fazendo uso do aparelho.

O presidente Jair Bolsonaro se alimenta via sonda após sua quarta cirurgia, no Hospital Vila Nova Star

O presidente Jair Bolsonaro se alimenta via sonda após sua quarta cirurgia, no Hospital Vila Nova Star. Foto: Reprodução/Instagram

O quadro apresentado pelo presidente é “normal em cirurgias desse porte”, de acordo com o médico Antônio Luiz Macedo. Em casos deste tipo, o paciente engole ar, mas ar não sai e o intestino fica paralisado. A sonda serve justamente para dar vasão ao ar. Não há previsão para retirada da sonda e para a retomada da alimentação oral.

Ainda de acordo com o médico, a sonda não foi colocada nos dois primeiros dias porque se trata de um procedimento agressivo. O presidente segue sem febre ou quadro de infecção.