Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Bolsonaro cita ‘incapacidade do regime ditatorial’ da Venezuela

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta manhã de quarta, 18, que o governo brasileiro fechou a fronteira com a Venezuela “considerando a incapacidade do regime ditatorial venezuelano de responder à epidemia do Covid-19”, e não pandemia, conforme já decretado pela Organização Mundial da Saúde. O transporte de cargas entre as duas nações não foi afetado pelo fechamento da fronteira, acrescenta o presidente brasileiro.

O presidente, Jair Bolsonaro

O presidente, Jair Bolsonaro Foto: Alan Santos/PR

Ontem, o Fundo Monetário Internacional negou ajuda de US$ 5 bilhões ao país vizinho para o combate à pandemia, segundo informação confirmada à agência de notícias AFP pelo órgão. De acordo com a Universidade John Hopkins, a Venezuela tem 33 casos confirmados da doença. A população está sob quarentena decretada por Nicolás Maduro. No Brasil, há uma morte confirmada em São Paulo, onde se analisam outras 4 em razão do coronavírus, e duas suspeitas no Rio de Janeiro. O número de casos confirmados pelo governo federal de infectados é de 291 pessoas, enquanto o cálculo feito pelas secretarias estaduais de Saúde aponta para 350 infectados.