Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Bolsonaro coloca ministros para rezar

Equipe BR Político

Seguindo a tendência “religiosa” de seus grandes momentos, Jair Bolsonaro levou um pastor evangélico para rezar antes da cerimônia de sua diplomação no TSE. De acordo com o colunista de O Globo, Bernardo Mello Franco, o presidente eleito pediu para o religioso puxar uma oração na sala reservada, junto dos ministros da Corte e dos presidentes do Legislativo, Rodrigo Maia e Eunício Oliveira. De acordo com um dos magistrados presentes, a atitude constrangeu alguns presentes, já que o tribunal “não é lugar para manifestações religiosas”.

Tudo o que sabemos sobre:

Jair BolsonaroTSE