Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Bolsonaro confirma que parcelas finais de auxílio serão menores que R$ 600

Marcelo de Moraes

Exclusivo para assinantes

Em discurso feito neste sábado, durante evento em Caldas Novas, em Goiás, Jair Bolsonaro confirmou que as parcelas finais do auxílio-emergencial serão menores que os atuais R$ 600. Segundo o presidente, o valor diminuirá, mas será maior que R$ 200. Mesmo sem Bolsonaro confirmar, a principal hipótese, hoje, é que sejam pagos R$ 300 nas parcelas até o final do ano. Para bancar R$ 600 mensais, o governo gastaria cerca de R$ 50 bilhões mensais.

“Auxílio é pouco para quem recebe, mas muito para quem paga”, disse o presidente no seu discurso.

Tudo o que sabemos sobre:

auxílio emergencialBolsonaro