Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Bolsonaro confirma volta de Camargo à Fundação Palmares: ‘Excelente pessoa’

Equipe BR Político

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que o jornalista Sérgio Camargo deve voltar a presidir a Fundação Palmares. Na quarta, 12, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) derrubou uma decisão que o impedia de assumir a presidência da instituição. “Acho que o garoto que foi liberado ontem é uma excelente pessoa”, disse o presidente a jornalistas ao deixar o Palácio da Alvorada, na manhã desta quinta-feira, 13.

O presidente, Jair Bolsonaro

O presidente, Jair Bolsonaro Foto:
Antonio Cruz/ Agência Brasil

Camargo foi nomeado em novembro por indicação do ex-secretário especial da Cultura, Roberto Alvim, exonerado em janeiro depois de fazer um discurso com pitadas nazistas em vídeo institucional. Assim como Alvim, Camargo tem seu próprio rol de polêmicas. Entre elas, publicações em que afirma que não existe “racismo real” no Brasil e em que faz ataques a negros brasileiros e a movimentos negros, inclusive ao próprio quilombo dos Palmares, nas redes sociais.

Foi com base nessas afirmações que a Justiça do Ceará emitiu liminar suspendendo sua indicação por avaliar que a decisão “contraria frontalmente os motivos que levaram à criação do instituto.”

Nesta quinta, Bolsonaro não respondeu se a atriz Regina Duarte, que deve assumir a Secretaria Especial de Cultura, foi consultada sobre Camargo, de acordo com o Estadão/Broadcast. Diante da insistência de um jornalista sobre a pergunta, ele reagiu: “cara chato”. E continuou sem esclarecer. Pouco antes, ao falar de Regina Duarte, Bolsonaro reforçou que o presidente tem poder de veto sobre indicações.