Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Bolsonaro corrige formação de indicado

Equipe BR Político

Mais de uma hora depois de anunciar Abraham Weintraub ao cargo de novo ministro da Educação, o presidente Jair Bolsonaro, também pelo Twitter, publicou uma espécie de errata sobre a formação do novo chefe do MEC. Abraham não possui o título de doutor como havia sido anunciado por Bolsonaro.

“Corrigindo: Abraham possui mestrado em Administração na área de Finanças pela FGV e MBA Executivo Internacional pelo OneMBA, com título reconhecido pelas escolas: FGV/Brasil, RSM/Holanda, UNC/Estados Unidos, CUHK/China e EGADE-ITESM/México”, escreveu o presidente.