Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Bolsonaro culpa ‘esquerdalha semianalfabeta’ por derrota

Equipe BR Político

O presidente Jair Bolsonaro parece não ter engolido a rejeição sofrida por seu decreto que flexibiliza o porte e posse de armas na Comissão de Constituição e Justiça do Senado na noite de quarta, 12. Na live desta quinta, 13, repetiu o que havia dito durante o dia, de que não fora uma derrota dele, mas uma derrota “do povo”, acrescentando xingamentos aos partidos de oposição. Ao lado do deputado Marco Feliciano (Pode-SP), que recentemente foi se aconselhar com o ex-astrólogo Olavo de Carvalho, lá na Virgínia (EUA), e voltou com um pedido de impeachment do vice Hamilton Mourão na mala, Bolsonaro esbravejou: “Metade dessa gente é semianalfabeta, essa esquerdalha, gente que nunca trabalhou na vida”. O texto ainda precisa passar pelo plenário do Senado e pela Câmara para ser aprovado.

Veja o vídeo de Bolsonaro ironizando o argumento de que o decreto é “inconstitucional”.

 

Tudo o que sabemos sobre:

Jair Bolsonarodecreto de armassenado