por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Bolsonaro de volta à ativa

José Fucs

Vinte dias depois do atentado em Juiz de Fora, Jair Bolsonaro está de volta à ativa. Ele deverá ter alta do Hospital Albert Einstein, em São Paulo, neste sábado ou no domingo. Mas, desde já, Bolsonaro está retomando o comando da campanha. Depois de conceder entrevistas à Folha e ao jornalista Augusto Nunes, da Jovem Pan, ele concedeu entrevistas em seu quarto nesta sexta-feira, 28, para o apresentador José Luiz Datena, da Band, e para o jornalista Boris Casoy, da Rede TV. 

Foram as primeiras para a TV aberta desde o atentado, com duração total de quase uma hora, nas quais teve a oportunidade de falar sobre as polêmicas causadas por declarações de seu vice, General Mourão, e seu conselheiro econômico, Paulo Guedes. Bolsonaro disse a Datena que, até dia 10 de outubro “aproximadamente”, a recomendação é para ele não sair de casa. Ele ressaltou, porém, que mesmo em casa, estará muito mais ativo nas mídias sociais. / J.F