Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Bolsonaro deixa Previdência fora do discurso

Vera Magalhães

Num discurso telegráfico de seis minutos na abertura do Fórum Econômico Mundial, em Davos, Jair Bolsonaro se comprometeu com reformas, genericamente, e com a tributária, especificamente, mas não mencionou  o compromisso com a reforma da Previdência.

A menção à reforma da Previdência veio apenas depois, ao responder a perguntas do curador do Fórum Econômico Mundial, Klaus Schwab. No discurso, que foi lido no teleprompter, Bolsonaro citou Paulo Guedes, Sérgio Moro e Ernesto Araújo e enfatizou a necessidade de desburocratização, reformas e segurança jurídica para que o Brasil atraia investimentos e negócios com o resto do mundo. Também defendeu a compatilização entre preservação ambiental e desenvolvimento econômico. / V.M.