Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Bolsonaro desagrada gregos e troianos

Equipe BR Político

Que o decreto que flexibilizou a posse de armas de fogo iria receber uma enxurrada de críticas de quem é favorável ao desarmamento já era esperado. Mas desagradou até mesmo os que defendiam a medida assinada nesta terça-feira, 15, pelo presidente Jair Bolsonaro. O “guru” da ala armamentista da nova direita, Benê Barbosa, classificou o projeto como “tímido”. Psolistas prometem tentar revogar no legislativo o decreto. E até mesmo o senador Roberto Requião falou uma obviedade: “Você coloca suas armas no cofre. Ameaçado, pede tempo, consulta sua mulher sobre o segredo, abre o cofre, verifica carga das armas e, se já não estiver morto, atira nos bandidos. Será que só eu vejo o ridículo disto?”, perguntou.

Tudo o que sabemos sobre:

Decreto armas de fogoJair Bolsonaro