Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Bolsonaro desfila em carro aberto, e TV Brasil substitui desfile

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

A cobertura do Sete de Setembro pela TV Brasil fez uma exaltação do papel dos militares na Independência do Brasil, mostrou Jair Bolsonaro desfilando em carro aberto e foi um desfile de ministros pela tela, em substituição ao desfile cívico-militar, que não aconteceu neste ano em razão da pandemia.

Começou com uma retrospectiva do desfile do ano passado, saudando o fato de Bolsonaro ter quebrado o protocolo em vários momentos para tornar a festa “mais humanizada” e ficar mais “perto do povo”. “Foi flagrado pelos olhos do presidente”, disse a narradora da reportagem, sobre o menino Ivo Gonzalez, que fez com que o presidente se “emocionasse”.

Nos estúdios da TV, o coronel do Exército Sérgio Paulo, que é historiador, disse que a Independência foi o movimento histórico com maior participação popular da nossa história. Ele exaltou o papel dos militares como amálgama de um movimento cívico pela independência do Brasil em relação à Coroa portuguesa. “Foi a Junta governativa de São Paulo, foi o Senado do Rio de Janeiro, que demandaram que o príncipe regente ficasse no Brasil”, afirmou.

“São os militares que defendem esse povo” que queria a permanência do príncipe, disse o historiador.

Antes do desfile de Bolsonaro no Rolls-Royce, a emissora oficial exibiu mensagens do vice-presidente, Hamilton Mourão, e de ministros.

A despeito do cancelamento do desfile, houve participação de um pequeno contingente dos Dragões da Independência, a participação da Esquadrilha da Fumaça e o desfile de Bolsonaro no carro aberto.

De máscara e vestida de verde e amarelo, a primeira-dama Michelle Bolsonaro foi cumprimentar as pessoas que estavam na grade em frente ao Alvorada.

Depois, Bolsonaro saiu do palácio com 8 crianças a bordo do Rolls-Royce. O carro oficial percorreu cerca de apenas 400 metros, escoltado a galope pela cavalaria de guarda. Depois, acompanhou as acrobacias da Esquadrilha da Fumaça sem máscara, ao lado de autoridades que usavam o artefato, inclusive Mourão, Michelle e os presidentes do Senado, Davi Alcolumbre, e do STF, Dias Toffoli.

Após o hasteamento da bandeira, Bolsonaro tirou selfies seguidores que estavam nas grades da breve cerimônia.

Dia da Independência

Em programa especial, a TV Brasil comemora os 198 anos da Independência do Brasil. ????????Acompanhe também a participação do presidente Jair Messias Bolsonaro em cerimônia no Palácio do Alvorada e apresentação da Esquadrilha da Fumaça.????️ #TvBrasilno7 #independenciadobrasil.

Publicado por TV BrasilGov em Segunda-feira, 7 de setembro de 2020